Projeção astral: o fenômeno da saída do corpo

Categorias Blog, Espiritualidade0 comentário
Projeção Astral e Sonhos Lúcidos

Você já teve a sensação de sair do corpo? Ou de visualizá-lo inteiramente como um espectador? Se você acredita que sim, então muito possivelmente já experimentou a apometria, ou projeção lúcida.

Na verdade, a projeção astral é um fenômeno realizado por todas as pessoas, a todo momento quando dormem., independente de ficar consciente ou não! O pulo do gato é se tornar consciente desse fenômeno.

Outro bom exemplo é aquela paralisia doida que acontece de vez enquanto, quando dormirmos, tentamos acordar, mas não reagimos com corpo.

Como assim?

A projeção astral nada mais é que a “saída” do corpo etéreo do corpo físico. Para você entender melhor, nosso “eu” é formado por três corpos: o físico, o emocional e o mental. A nossa consciência ilimitada e imortal se encontra no corpo mental, mas precisa de uma densificação para passar pelas diversas experiências em busca da sua evolução.

O corpo físico nada mais é do que um reflexo denso da sua verdadeira imagem, que é o corpo mental e emocional. Aqui, no plano físico, vivenciamos as mais diversas experiências que vão possibilitar nossa evolução consciencial.

Essa evolução é importante para a nossa constante melhora como indivíduos. Enquanto não formos inteiramente regidos pelo sentimento mais puro de amor universal e gratidão, precisamos caminhar e trabalhar para nos livrar de ressentimentos, mágoas e outros sentimentos que não sejam de amor.

Pode parecer conversa de carochinha, mas diversos praticantes da apometria ou projeção astral trouxeram essa questão para nossa humanidade. Precisamos enxergar-nos como iguais e amarmos a tudo e todos. Enquanto isso não for verdadeiro em nossa consciência, ou seja, em nosso corpo astral, continuaremos adentrando realidades mais densas para termos a oportunidade de evoluir.

É como uma escola, em que passamos de série quando nos desapegamos de pessoas, coisas e até mesmo do nosso corpo. Isso não quer dizer se desleixar! Muito pelo contrário: é cuidar de si sem se apegar à juventude, às companhias, à beleza, etc.

Quanto mais estamos centrados em nós mesmos, observando quais pensamentos passam por nossa mente e como reagimos a eles, mais nos tornamos aptos a realizar a projeção astral.

Mas como posso sair do corpo?

O hábito faz o mestre! Todo dia, antes de dormir, concentre-se na sua consciência. Tente esvaziá-la de todos os pensamentos e não se prenda às ideias repentinas que surgirem. Observe-as, sem entrar em sua energia, e trabalhe em reconhecer toda a sua superfície física: do dedinho do pé, aos cabelos.

Mantenha uma respiração constante, e quando se sentir focado e confiante, perceba o seu corpo astral. Você pode se sentir enorme ou pequeno demais: essa perda de referência é um sinal de desdobramento. Nesse momento, seu corpo astral está se soltando do corpo físico.

Aí, fica fácil!: literalmente, projete-se para fora do seu corpo, como se fosse se sentar em cima do seu corpo. Fique atento para não mexer seu corpo físico, se não a concentração vai por água abaixo.

Sonhos lúcidos x Projeção astral

Há uma confusão muito grande entre esses dois fenômenos. Os sonhos lúcidos ocorrem quando há uma maior consciência do que se está passando enquanto se sonha. Porém a projeção astral é a liberdade total da consciência. Isso significa que você tem autonomia sobre o que faz.

Quem se projeta, sabe muito bem a diferença. É como se você estivesse aqui e agora, lendo esse artigo, mas olhasse para trás e visse seu corpo adormecido na sua cama ou poltrona.

É sério! Sempre quis voar? Pratique exercícios para se projetar. Uma boa prática é aplicação de Reiki antes de dormir.

Analista internacional, designer, estudante (sempre!) da conscienciologia e projeciologia e terapeuta Reikiana. Acredito que podemos criar um mundo mais humano e amoroso, se trouxermos essa mudança para o âmbito pessoal.