Fábula: jeitinho brasileiro

Categorias Blog, Economia, Espiritualidade, Política0 comentário

O macaco foi até onde estava Deus para Lhe pedir sabedoria.

Deus o recebeu, ouviu sua solicitação, mas em troca pediu que o bicho Lhe trouxesse uma xícara de leite de onça e três ovos de jacaré.

O macaco aceitou a proposta e foi para a mata esperar a melhor oportunidade de passar a perna na onça.

Quando a bicha se aproximou, ele trepou numa árvore e começou a tirar cipó. Cismada com aquilo, a onça lhe perguntou:

— Ô, amigo macaco, por que você está tirando tanto cipó?

— Então a amiga onça não sabe? Está vindo uma grande tempestade de vento, e quem não se amarrar bem forte será jogado no mar.

A onça, então, morta de medo, implorou:

— Já que o amigo é mais jeitoso, deve me amarrar numa árvore e depois se amarrar noutra.

O macaco mandou a onça levantar as patas dianteiras e amarrou com tanta força que ela mal se mexia. Em seguida, amarrou as traseiras e, sem que ela reagisse, ele tirou uma xícara de leite. Para terminar, mamou até se fartar e ainda deu uma surra na onça antes de ir embora.

Em cima da árvore, observando tudo, estava um sonhim. Assim que o macaco saiu, ele desceu e mamou na onça também. A onça ficou muito envergonhada por ter caído naquela armadilha.

Agora só faltava o macaco conseguir os ovos de jacaré. E lá foi ele, disposto, em direção ao rio, onde encontrou um jacaré chocando os ovos. O macaco, depois de cumprimentá-lo, disse:

— Amigo jacaré, embaixo da ponte está havendo uma festa de cabrito. Você não vai?

O jacaré se jogou na água e foi em busca da tal festa. Enquanto isso, o macaco apanhou três ovos e a xícara e foi à procura de Deus para entregar os presentes e receber , em troca, a sabedoria. Mas Deus, vendo o macaco chegar, foi logo dizendo:

— Macaco, não posso lhe dar sabedoria, pois você já é sabido demais!

 

Informante: Cassiano Fonseca (Maroto) – Igaporã, Bahia
 
Publicado em Contos folclóricos brasileiros (Paulus, 2010)
Analista internacional, designer, estudante (sempre!) da conscienciologia e projeciologia e terapeuta Reikiana. Acredito que podemos criar um mundo mais humano e amoroso, se trouxermos essa mudança para o âmbito pessoal.